22 de fevereiro de 2019 ALTEROSA16°C

  • Alterosa na Web
  • Alterosa na Web
  • Alterosa na Web
  • Alterosa na Web
  • Alterosa na Web

Polícia Civil recebe viatura repassada pelo Consepa

Redação1 de fevereiro de 20194min0
pc-int
O Consepa, por ser entidade do terceiro setor, tem sido utilizado como estratégia para que os repasses de verbas públicas do Município possam chegar mais rapidamente a PM e a Polícia Civil.

Uma Toyota Hylux foi repassada à Polícia Civil pelo Consepa  em uma solenidade especial na tarde desta quarta-feira (30). A verba para aquisição do veículo foi uma doação de recursos provenientes da 1ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho.  E da Prefeitura de Alfenas em parceria com a Câmara Municipal.

O automóvel foi equipado com uma série de itens especiais para o trabalho da Polícia Civil. Essas adaptações foram inseridas a partir de uma análise feita pelo delegado Tiago Gomes Ribeiro. Que é responsável pela 2ª Delegacia Regional da Polícia Civil (2ª DRPC).

Entre esses equipamentos estão parachoques especiais e sistema de LED. Sendo para iluminar locais escuros em situações de perseguição em locais estreitos, por exemplo. “Estudamos os equipamentos que seriam mais adequados para a nossa realidade em Alfenas”, explicou.

O repasse da Hylux à Polícia Civil faz parte de uma série de ações feitas pelo Consepa. Explicou a presidente da entidade, a advogada Carmem Romana Rocha. Ela cita que o Conselho busca ajudar a suprir as necessidades dos órgãos de segurança pública. Como Polícia Civil e Militar, a partir das demandas apresentadas.

No ano passado, por exemplo, foram repassados recursos na ordem de R$ 317 mil. Para reforma do prédio da 2ª DRPC. Além de auxílio na manutenção de viaturas da PM. Em outubro de 2017, o prefeito Luiz A. Silva  assinou um convênio destinando R$ 1,380 milhão em ações na área de segurança pública. Entre elas o repasse para reforma da 2ª DRPC.

O Consepa, por ser entidade do terceiro setor, tem sido utilizado como estratégia para que os repasses de verbas públicas do Município possam chegar mais rapidamente a PM e a Polícia Civil.

Desse modo, é um mecanismo de desburocratização, apontou o prefeito ao comentar sobre a importância de um trabalho integrado conduzido pelo Gabinete de Gestão Integrada.

Em agosto de 2018, o prefeito sancionou a Lei n° 4.804/2018, que autorizou um repasse de R$ 80 mil ao Consepa como subvenção social. Esse recurso foi utilizado na compra da Hylux.

Além disso, o valor, de R$ 80 mil, foi acordado com a Câmara Municipal. Na época presidida pelo vereador José Carlos de Morais (Vardemá/PMDB). O Legislativo abriu mão de parte de uma das parcelas a que tinha direito de receber do Executivo como transferência obrigatória – classificada tecnicamente como duodécimo. Com isso, o montante de R$ 80 mil – ao qual a Câmara Municipal tinha direito a receber – foi transferido ao Consepa para ajudar na aquisição da Hylux.

Contudo, durante a entrega da viatura, no pátio da 2ª DRPC, o juiz Frederico Leopoldo Pereira, diretor do Fórum do Trabalho/1ª Vara, destacou a importância de bons equipamentos operados por “bons homens”. Na sequência, o magistrado comentou que tem percebido, tanto da polícia judiciária quanto preventiva, um gradual aumento na efetividade. Em suma, reconheceu, em sua fala, que tem ocorrido um apoio do Município e disse ficar feliz com a notícia de que a Guarda Civil Municipal (GCM) poderá portar armas.

Portal  Onda Sul

  • Alterosa na Web

    Deixa um Comentário

    Seu email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *